Realização Luck Entretenimento

terça-feira, 21 de novembro de 2017

CLUBE ATLÉTICO PIRANHAS INICIA PROJETO PARA A SUA VOLTA PROFISSIONAL EM 2018


Nenhum texto alternativo automático disponível.

Afastado do futebol profissional desde 2004 quando foi rebaixado na elite do estadual, o Clube Atlético Piranhas, representante da cidade de Jardim de Piranhas, iniciou o projeto para "voltar a ativa" na temporada de 2018, quando pretende jogar a Segunda Divisão do Estadual.
Campeão da Segunda Divisão de 1998, o CAP busca trazer de volta para a cidade de Jardim de Piranhas o futebol profissional, coisa que não ocorre desde 2009 quando o Real Sociedade Independente foi o último representante local em competições profissionais.
A empresa Fair Sports Brasil LTDA parceira do clube, é a responsável pela filiação do clube, no qual já iniciou a produção dos uniformes e também a documentação para manter em condições legais a documentação do clube, devido estar licenciado a um bom período.
Será a volta de uma tradicional equipe ao nosso futebol ? Torcemos para que isso ocorra, pois temos de valorizar nosso esporte.
Fonte: Página no Face book 

MUNDO - Na Líbia, leilão vende jovens negros por R$ 1.300



Em destaque na CNN desde o final da última semana, a reportagem “Pessoas à venda: Onde as vidas são leiloadas por US$ 400” reproduz em vídeo gravado por celular um leilão de imigrantes negros, realizado no mês de agosto, na Líbia.
“800… 900… 1.000… 1.000”, fala o leiloeiro, acima. Os dois jovens não identificados, “meninos grandes e fortes para trabalhar em fazenda”, foram vendidos por 1.200 dinares, cerca de R$ 2.600, R$ 1.300 cada um.
O canal de notícias mobilizou quatro repórteres na Líbia para confirmar a autenticidade do vídeo e encontrar dois dos jovens escravos. Com medo, eles se recusaram a falar.
A CNN informou depois que “autoridades líbias” abriram investigação, mas o país está em guerra civil.
BBC e outros repercutiram, ouvindo do presidente da União Africana que a organização “usará todas as ferramentas à sua disposição para acabar” com o “comércio desprezível, de uma outra era”.
‘ÇA, C’EST UN TRUC DE NOIR’
Publicada por franceses como a revista “Le Point”, a agência France Presse despachou longa reportagem com o enunciado “As desigualdades raciais minam o mito de um Brasil mestiço”, marcando o Dia da Consciência Negra. No final, registrou, sobre William Waack:
— Semana passada, um famoso apresentador de TV foi suspenso. Irritado por uma buzina, ele escorregou, sarcástico: “Isso é coisa de preto”.
‘VULNERABILIDADE’
Com fotos de Dado Galdieri, de crianças treinando para se proteger de tiroteio numa escola da favela da Maré (acima) e outras, o “New York Times” noticia que o Rio de Janeiro enfrenta um “surto de violência”.
Folha de São Paulo
Imagens: Reprodução

Futuro ministro recebeu 450 mil da família de bicheiro



Escolhido por Michel Temer para assumir o Ministério das Cidades, o deputado Alexandre Baldy terá dificuldades para se dissociar de um dos mais famosos contraventores do país, Carlos Augusto de Almeida Ramos, o Carlinhos Cachoeira. Desde 2012, quando uma CPI investigou o bicheiro, a relação entre os dois é pública, notória e constrangedora. Cachoeira derretia-se ao se referir ao agora futuro ministro como “menino de ouro”.
Mas a prestação de contas da disputa eleitoral de 2014 revela mais: a família Almeida Ramos ajudou a financiar o plano de poder do pupilo.
A empresa JC Distribuidora de Medicamentos, que pertence a Sebastião de Almeida Ramos Filho, irmão de Carlinhos Cachoeira, doou 450 000 reais à campanha de Baldy naquele ano.
A JC é velha conhecida das autoridades. Em 2012, segundo “O Globo”, a empresa foi investigada pela Receita por movimentações atípicas, 66,8 milhões de reais em dois anos. A tomar pelo montante que passa pelo caixa da distribuidora, um agrado de 450 000 reais a um amigo que pode valer ouro, não há de ser nada.

CONSCIÊNCIA AMBIENTAL - Chile é o primeiro país latino a proibir uso de sacolas plásticas

A presidente Michelle Bachelet assinou na semana passada o projeto de lei que proíbe a venda de sacolas plásticas em mais de 100 cidades e vilarejos ao longo da costa do Chile.
A medida torna o país o primeiro da América Latina a enfrentar de maneira séria o problema que o plástico vem causando ao meio ambiente, ao poluir os oceanos e matar milhares de animais marinhos.
“Precisamos cuidar de nossos ecossistemas marinhos”, disse Michelle Bachelet. “Nossos peixes e outras espécies estão morrendo pela ingestão de plástico ou estrangulados com estes resíduos. Esta é uma luta que todos temos que abraçar: comércio, consumidores e governos.”

Vereador promete distribuir soco-inglês para mulheres: ‘Chance de defesa’



Um vereador de Itu (SP) trabalha em um projeto inusitado para oferecer às mulheres uma forma diferente de defesa pessoal: o soco-inglês. A intenção, segundo Reginaldo Cartola (PTB), é fazer a distribuição de 5 mil unidades em todo o estado de São Paulo.

O soco-inglês ou soqueira, que é considerada uma arma branca, é feita de metal, plástico e fibra de carbono, com quatro orifícios para encaixe dos dedos como anéis, causando mais dano e ferimentos, quando dado um soco, à vítima atingida.
Carlota afirma que o objetivo da ação é acabar com a violência contra as mulheres, porém, a medida contraria opiniões e pode ser considerada ilegal.

“No Brasil, mulheres andam quase o tempo todo desarmadas e mesmo as que têm um maior potencial de reação, são vítimas por estarem naturalmente em desvantagem contra um homem, geralmente mais forte”, afirma Cartola.

Ainda de acordo com o vereador, para ter acesso ao soco-inglês é necessário entrar em contato com ele. Para quem mora fora do município de Itu, será preciso R$ 25 pelo envio do objeto.
O político comenta ainda que também é um adepto da peça, que é feita em aço carbono com cerca de 11 centímetros de largura, por 6 centímetros de altura, 8 milímetros de espessura, 2,5 centímetros de diâmetro para encaixe dos dedos e pesa 150 gramas.
“Com um soco-inglês de aço entre os dedos – que equivale a uma martelada na cabeça – acredito que uma mulher terá muito mais chances de defesa ao ser atacada por um ‘vagabundo’. Meu objetivo com esse projeto é equilibrar um pouco as coisas, se assim posso dizer”, declara Carlota.

Falsa segurança

O porte de arma branca atualmente não é considerado crime no Brasil, e sim uma contravenção penal. No entanto, segundo a advogada criminalista e atual presidente da OAB de Itu, Liliane Gazzola Faus, é preciso verificar a finalidade do uso do objeto.

“Esse caso pode ser enquadrado como incitação de acordo com o artigo 286 do Código Penal, já que não ajuda a conter a violência e pode ainda ser usado pelo agressor.”

Ainda de acordo com Liliane, é preciso ficar atento aos diferentes tipo de propaganda e ressalta que toda violência deve ser informada aos órgãos públicos antes de qualquer reação.
“Nesse tempo de intolerância que vivemos, alimentar uma ideia de portar o soco-inglês faria como uma suposta segurança, pode dar vazão à agressividade, além da falsa ideia de defesa. Com certeza não é recomendado”, conclui a presidente da OAB.
O parlamentar e também as pessoas que portarem o objeto podem responder por crimes, segundo o delegado seccional de Sorocaba Marcelo Carriel.
“O vereador pode incorrer ao crime de apologia ao crime e quem estiver portando essa arma, que se equivale a uma faca ou arma branca, vai responder por contravenção penal”, explica.
Vereador divulgou fotos de modelos de soco inglês que deverão ser distribuídos (Foto: Divulgação)
Vereador divulgou fotos de modelos de soco inglês que deverão ser distribuídos (Foto: Divulgação)

Certidões de nascimento, casamento e óbito mudam a partir de hoje; veja

Novos modelos de formulários para certidões de nascimento, casamento e óbito, que serão confeccionados pela Casa da Moeda (Foto: Divulgação/MJ)
As certidões de nascimento, casamento e óbito passam a ser diferentes a partir desta terça-feira (21). O Conselho Nacional de Justiça (CNJ) mudou os registros que passaram a conter, entre outras coisas, o número do CPF. A intenção é a de que o documento se torne o número de identidade civil único.

Outra mudança é que os documentos passam a levar o termo “filiação” e não mais o termo “genitores”. De acordo com o governo, é possível o recém-nascido ter dois pais, duas mães, uma mãe e dois pais e assim por diante. O mesmo vale para casais que tenham optado por técnicas de reprodução assistida, como é o caso da barriga de aluguel e da doação de material genético. Todas as mudanças passam a valer em todo o Brasil.
Nas certidões de óbito, o lançamento de todos os documentos permitirá o cancelamento automático dos documentos do falecido pelos órgãos públicos, contribuindo para a diminuição de fraudes.
 Em setembro, o presidente Michel Temer sancionou a lei que muda as regras para registro de nascimento e casamento, que, entre outros pontos, permite que a certidão de nascimento indique como naturalidade do bebê o município de residência da mãe, em vez da cidade onde ocorreu o parto.
Defensores das mudanças nas regras de registro argumentavam que pequenos municípios não têm maternidades, o que obriga as grávidas a se deslocarem para outras cidades para darem à luz. Nesses casos, pode acontecer de o bebê ser registrado em uma cidade com a qual os pais não têm vínculo afetivo.

Relatório sugere fim do ensino superior gratuito para país economizar



Para cortar gastos sem prejudicar os mais pobres, o governo deveria acabar com a gratuidade do ensino superior. Essa é uma das sugestões apresentadas no relatório “Um ajuste justo – propostas para aumentar eficiência e equidade do gasto público no Brasil”, elaborado pelo Banco Mundial.

A ideia é que o governo continue subsidiando os estudantes que estão entre os 40% mais pobres do País. Porém, os de renda média e alta poderiam pagar pelo curso depois de formados. Durante a faculdade, eles acessariam algum tipo de crédito, como o Fies.
Essa proposta se baseia no fato que 65% dos estudantes das instituições de ensino superior federais estão na faixa dos 40% mais ricos da população. Como, após formadas, essas pessoas tendem a ter um aumento de renda, a suspeita dos técnicos é que a gratuidade “pode estar perpetuando a desigualdade no País.”
O Brasil tem aproximadamente 2 milhões de estudantes nas universidades e institutos federais, ao passo que nas universidades privadas são 8 milhões de estudantes. Porém, o custo médio de um aluno numa faculdade privada é de R$ 14.000,00 por ano. Nas universidades federais, esse custo salta para R$ 41.000,00 e nos institutos federais o valor é ainda maior: R$ 74.000,00 ao ano.
Esse gasto, diz o estudo, é “muito superior” ao de países como a Espanha e a Itália, por exemplo. No entanto, o valor agregado em termos de conhecimento dos estudantes não é muito diferente do das faculdades privadas. Esse critério considera o que o aluno aprendeu em comparação ao que se esperava que ele tivesse aprendido.
Os gastos do governo com ensino superior são equivalentes a 0,7% do Produto Interno Bruto (PIB) e crescem, em termos reais, 7% ao ano, acima da média mundial. “As despesas com ensino superior são, ao mesmo tempo, ineficientes e regressivas”, diz o relatório.
Uma reforma poderia economizar aproximadamente  R$ 13 bilhões ao ano nas universidades e institutos federais. No nível estadual, a economia poderia ser de R$ 3 bilhões.
Além da cobrança de mensalidades, o estudo sugere que os gastos por aluno tenham como limite o valor gasto pelas instituições mais eficientes. As menos eficientes teriam, assim, de ajustar suas despesas à nova realidade.
Se as escolas do ensino fundamental e médio atingissem o nível das melhores do sistema, o desempenho na prova do Índice de Desenvolvimento do Ensino Básico (Ideb) subiria 40% para o nível fundamental e 18% no médio. No entanto, aponta o relatório, o Brasil gasta perto de R$ 56 bilhões a mais do que seria necessário para ter o atual desempenho.
A principal proposta para enxugar gastos nessas esferas é aumentar a quantidade de alunos por professor. O estudo diz que a quantidade de estudantes está caindo devido à redução das taxas de natalidade, nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste. A proposta é não repor os professores que deixam o sistema. Só com isso, a economia seria de R$ 22 bilhões.

segunda-feira, 20 de novembro de 2017

MUNDO BIZARRO - Pesquisadores da UFMG testam vacina contra a cocaína

Pesquisadores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) testam uma vacina que tem se mostrado capaz de criar anticorpos contra a cocaína e bloquear os efeitos da droga. O principal objetivo é auxiliar no tratamento de dependentes químicos. Os pesquisadores desenvolveram em laboratório uma molécula que se liga à droga, tornando-a identificável pelo sistema imunológico.
“Na verdade, a cocaína não é identificada pelo nosso sistema imune porque ela é uma molécula muito pequena. Então, a gente precisa ligar moléculas grandes para o sistema imune ‘olhar’ para a cocaína e ‘falar’ assim: ‘você não é bem-vinda aqui’. O que esta molécula faz é tornar a cocaína uma molécula pouco bem-vinda no organismo”, explicou o pesquisador Frederico Garcia, coordenador do Centro de Referência em Drogas da UFMG.
A partir daí, as células de defesa do organismo entram em ação. “E aí, nossos glóbulos brancos passam a produzir anticorpos contra a cocaína. Então, toda vez que a cocaína entra na corrente sanguínea, estes anticorpos se ligam à cocaína e não se desligam. E, aí, impedem que ela entre numa barreira protetora do cérebro”, completou. Dessa forma, o usuário deixa de ter os efeitos da droga.

Deputados voltam a discutir PEC que pode vetar aborto em caso de estupro

Continua nesta terça-feira, 21, na Câmara Federal, a discussão sobre a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) que pode proibir o aborto em qualquer circunstância no Brasil. A PEC 181 propõe incluir na Constituição “a garantia do direito à vida desde a concepção”.
Na prática, se levado a votação e aprovado pelo Congresso, o projeto deve criminalizar até mesmo as três possibilidades de aborto hoje permitidas legalmente no País: casos de estupro, anencefalia (feto com má formação cerebral) ou risco à vida da gestante.
Com 18 votos favoráveis, exclusivamente masculinos, o texto-base da PEC foi aprovado no último dia 8, depois de mais de quatro horas de reunião e diversas tentativas de adiamento da votação por parlamentares contrários. Destaques ao projeto – que podem alterar pontos do texto – devem ser discutidos e votados no encontro desta terça.

Forte dos Reis Magos sofre com o abandono do poder público

Forte dos Reis Magos é uma edificação militar histórica localizada na cidade de Natal, no Rio Grande do Norte. É administrada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN).
forte foi o marco inicial da cidade — fundada em 25 de dezembro de 1599 —, no lado direito da barra do rio Potengi (hoje próximo à Ponte Newton Navarro). Recebeu esse nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, dia de Reis pelo calendário católico.
A situação tende a piorar…
Confira as fotos – Créditos: Cézar Virgílio

CNH digital chegou oficialmente para Android e iOS

Em julho, a CNH digital foi aprovada pelo Contran e algumas semanas atrás uma versão de testes do seu aplicativo oficial apareceu por alguns instantes para aparelhos Android, no entanto, logo foi retirada do ar. Porém, agora a CNH digital já está disponível para alguns estados.
O app oficial e-CNH foi oficializado e conta tanto na Google Play Store como na App Store. Contudo, somente condutores dos estados de Goiás e Distrito Federal poderão usufruir da novidade por enquanto.

SERÁ? - Segóvia assume PF prometendo prioridade total no combate à corrupção



O novo diretor-geral da Polícia Federal (PF), Fernando Segóvia, assumiu nesta segunda-feira (20) o cargo e defendeu um novo capítulo na relação da PF e do Ministério Público Federal (MPF). “Hoje, há uma infeliz e triste disputa entre a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, mas confio no espírito de maturidade dessas instituições. É preciso escrever um novo capítulo e deixar de lado a vaidade. O único que se beneficia dessa disputa é o crime organizado”, ressaltou.
Segóvia se refere a uma queda-de-braço entre as duas instituições sobre a competência de policiais de firmar acordos de delação premiada nas investigações criminais. Para os procuradores, o dispositivo da Lei das Organizações Criminosas (Lei 12.850/2013) que prevê que o delegado possa fazer acordos de delação é inconstitucional.

Prazo para renovação de contratos do Fies é prorrogado para 30 de novembro

Os estudantes poderão renovar os contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 30 de novembro. Originalmente, o prazo terminava hoje (20) e foi estendido por mais 10 dias. De acordo com o Ministério da Educação, esta é a última prorrogação do prazo e chance dos interessados em continuar com o financiamento.
A portaria com a prorrogação do prazo será publicada amanhã (21) no Diário Oficial da União (DOU). Até o dia 30 de novembro, os estudantes poderão fazer a transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitar mais prazo para uso do financiamento.
O MEC alerta que os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. Inicialmente, o pedido de renovação é feito pelas faculdades e, depois, os estudantes devem validar as informações no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

TSE lança canal no Twitter para tirar dúvidas do eleitor

A partir de hoje (20), eleitores de todo país não precisarão sair de casa para saber de sua situação na Justiça Eleitoral. Além disso, caso tenham alguma pendência, receberão orientações de como resolvê-la. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) começa nesta segunda-feira o atendimento por meio do Twitter, que permite ao eleitor ter acesso a diversos serviços e orientações no ambiente de mensagens diretas (DMs).
“A tecnologia tem sido uma grande aliada da Justiça Eleitoral, a exemplo do contínuo investimento realizado em sistemas e equipamentos eleitorais. Na mesma linha, a internet também tem o papel de protagonismo na disseminação de informações e serviços ao eleitor. Ter o Twitter como parceiro é mais uma forma de promover a democracia, ao estarmos próximo do eleitor de forma direta, acessível e informal”, disse a coordenadora de Campanhas e Redes Sociais do tribunal, Neri Aciolly.

Grávida posa com 20 mil abelhas na barriga e filho nasce morto



Emily Mueller, 33 anos, de Ohio, Estados Unidos, ficou famosa nas redes sociais por fazer uma série de fotos grávida e com mais de 20 mil abelhas na barriga. No entanto, uma triste notícia veio à tona nesta semana. O filho de Emily nasceu morto. Em um post no Facebook, a mulher desabafou e deu detalhes sobre como tudo aconteceu. Além disso, compartilhou fotos do menino.

“Muitas pessoas esperavam a chegada do nosso famoso e doce bebê que foi a estrela de uma sessão de fotos com abelhas. Jesus decidiu que ele precisava do próprio apicultor e o tirou de nós, levando Emersyn Jacob para o seu com ele”, escreveu a mãe.
Segundo Emily, que tem três outros filhos, ela percebeu que algo estava estranho quando não sentiu mais o bebê chutar. “Eu pensei que ele estava dormindo, mas o tempo foi passando e nada”, contou. Ao chegar no hospital, não era possível mais ouvir o coração do pequeno. “Nosso bebê estava morto. Ele nunca viria para casa conosco”, disse. Faltavam apenas seis dias para ela dar à luz.


“Cada detalhe daquele momento estará para sempre na minha mente e eu não paro de pensar nisso. O médico sentou ao meu lado e disse: ‘Seu bebê se foi’”, explicou Emily. Os médicos acreditam que o menino tenha morrido após um problema de coagulação. Após dar à luz ao garoto, os pais enviaram a placenta para testes e esperam a causa da morte.
Enquanto isso, a dor parece não ter fim. “Eu realmente esperava chegar em casa com ele e um sorriso”, desabafou a mãe por meio das redes sociais.
O ensaio com as abelhas foi feito em agosto. Segundo Emily os insetos fazem parte da vida dela, pois o marido toma conta de uma empresa de remoção desses bichos. “Muitas pessoas me achavam louca, mas estava confortável com elas”, disse à época.

sexta-feira, 17 de novembro de 2017

Detran-RN sofre ataque cibernético, desliga sistema e suspende atendimento ao público

Departamento Estadual de Trânsito do Rio Grande do Norte (Detran-RN) foi alvo de um ataque cibernético nesta quinta-feira (16). Por precaução, o órgão precisou desligar seu sistema e interrompeu o atendimento ao público. O sistema só deve ser religado e voltar a funcionar normalmente na próxima segunda (20).
Em nota enviada à imprensa, o Detran informou:
O Departamento Estadual de Trânsito do RN (Detran) comunica que desligou sua rede de computadores nesta quinta-feira (16), após um ataque ao sistema do órgão, provavelmente provocado por hacker, com tentativa de infecção por ransomware.
Como motivo de precaução e para manter intacto seu banco de dados, todo o acesso externo também foi desligado, nos impedindo de realizar atendimento ao público.
Comunicamos aos usuários em geral que todas as providências cabíveis estão sendo adotadas para a solução do problema, bem como foram acionadas as autoridades competentes para que seja iniciada uma investigação e responsabilização dos culpados pelo ataque.
Sendo assim, nesta sexta-feira (17), o sistema do Detran-RN não irá funcionar, pois o acesso externo continuará inativo, voltando na próxima segunda-feira (20), após análise final da equipe de Informática. O expediente aos funcionários seguirá normalmente.
Do G1

A cada 3 desempregados no Brasil, 2 são pretos ou pardos, diz IBGE

Pretos e pardos são mais atingidos pelo desemprego e ganham pouco mais que a metade dos rendimentos dos trabalhadores brancos no país.
No terceiro trimestre, dos 13 milhões de brasileiros desocupados, 8,3 milhões eram pretos ou pardos, o que dá 63,7% do total. Os pretos ou pardos representam 54,9% da população brasileira com 14 anos ou mais, alvo da pesquisa.

Petrobras reduz preços da gasolina e diesel

A Petrobras anunciou nesta quinta-feira (16), no Rio de Janeiro, que desde zero hora de hoje (sexta-feira), reduziu os preços da gasolina e do diesel nas refinarias em todo o país. Segundo nota divulgada pela empresa, o diesel terá redução de 1,3%, enquanto a gasolina cairá 3,8%. E não 0,38% como informado anteriormente pela reportagem.
No sobe e desce dos preços dos dois produtos nas refinarias, em sintonia com a nova política da estatal de acompanhar as oscilações dos preços das duas commodities no mercado internacional – onde os aumentos e redução são quase que diários – esta é a sexta queda de preços anunciada pela Petrobras somente este mês para o óleo diesel.

JOÃO MAIA E SHIRLEY TARGINO SE CASARÃO EM CERIMÔNIA COMUNITÁRIA EM MESSIAS TARGINO



A classe política e empresarial do Rio Grande do Norte pega a estrada nesta sexta-feira, dia 17 de novembro, rumo a Messias Targino na Região Oeste potiguar. Vários convidados de São Paulo e Rio de Janeiro também confirmaram presenças.
Às 18 horas, o presidente estadual do Partido da República (PR), João Maia se casa com a Prefeita da cidade, Shirley Targino, em cerimônia coletiva realizada pelo Tribunal de Justiça do RN.
Os noivos não pediram presente pessoal e sim que os convidados doem eletrodomésticos a serem comprados nas lojas do município, para serem sorteados entre outros 100 casais que também se casarão no mesmo dia.

EMPRESÁRIA PRISCILA MÜLLER DIZ QUE FOI TRAÍDA POR KELPS LIMA E RECEBE ACENOS DE LEGENDAS INTERESSADAS EM SUA CANDIDATURA


“Resistirei a todas as adversidades, traições, manobras e artimanhas que surgirem pelo caminho”. A declaração é da empresária Priscila Müller (SDD), pré-candidata a deputada estadual que teve o seu nome “cassado” pelo deputado estadual Kelps Lima como candidata à Assembleia Legislativa pela legenda do Solidariedade, partido presidido pelo parlamentar no Rio Grande do Norte. Priscila Müller, no entanto, anunciou na noite desta quinta-feira (16) que irá manter o seu projeto político e já iniciou o processo de conversação com outras agremiações partidárias, interessadas em abrigar a sua postulação.
Apontada como umas das promessas de renovação na Assembleia Legislativa em 2018, a empresária, ainda filiada ao Solidariedade, lançou-se pré-candidata a deputada estadual a convite do próprio Kelps Lima. No entanto, segundo acredita Priscila Müller, o crescimento de sua candidatura em todas as regiões do Estado teria “assustado” o dirigente do Solidariedade, que optou por “cassar” a sua postulação no âmbito do partido.
Segundo ela, a “cassação” da sua candidatura foi anunciada por Kelps Lima, através de uma mensagem de WhatsApp, na qual o parlamentar comunicou que a empresária não contaria mais com a legenda para o seu projeto político. “A minha eleição para deputada estadual pelo Solidariedade era um projeto partidário e não individual. A construção de um projeto político não se dá somente pela vontade própria. Temos um grande grupo que acredita e que tem trabalhado com afinco para tornar o sonho de uma boa parcela da população potiguar realidade. Não desistirei da lutam, nem aceitarei posturas despóticas”, reagiu.
Em nota interna do Solidariedade, Kelps justifica como motivo para excluir a pré-candidata, o fato de o irmão dela, prefeito de Caiçara do Rio do Vento, filiado ao PMDB, não ter se desfiliado e ingressado no Solidariedade.
INDIGNAÇÃO
Indignada com a postura do parlamentar e líder do Solidariedade no RN, Priscila Müller, emitiu nota estranhando o fato de ter sido informada da sua exclusão através de mensagem de WhatsApp. “Importante esclarecer que o nosso presidente, ao me convidar para ingressar no SDD, me abrindo espaço para a pré candidatura, o fez pessoalmente, em conversa olho no olho com um sorriso largo no rosto. O que estranho e lamento profundamente é que não houve a mesma postura ao me excluir do partido. A decisão do presidente fere profundamente, os princípios tão defendidos por ele de novas posturas, com ética, transparência e acima de tudo a verdade”.
Mais adiante, Priscila Müller informa que “mesmo filiada ao SDD, não me foi dado o direito de expressão quando fui retirada de forma sumária do grupo do partido, numa clara demonstração do que o que se prega pelo presidente não é exatamente o que se faz. Disse ao deputado Kelps que me sentia perseguida e discriminada ao que recebi dele como resposta: “você tem todo direito de se sentir como quiser”. Mais uma vez lamento, afinal, a discordância é fator prioritário para a boa e salutar convivência política”.
Priscila Müller disse que mantem firme o propósito de continuar com o projeto político. “Estamos conversando com outros partidos, que acreditam em nosso projeto. Estou determinada em continuar com o nosso sonho de contribuir para uma mudança real na forma e na condução do fazer política no Estado”, ressaltou.